Procape recebe veículo doado pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região

FOTO: TRF-5/Divulgação

O Pronto-Socorro Cardiológico de Pernambuco (Procape), integrante do Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco, recebeu um veículo doado pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5).  O Nissan XTerra 4x4 foi disponibilizado no edital de desfazimento de bens publicado pela Corte no mês de março. O Procape integra a lista de cerca de 20 entidades/órgãos habilitados para receber equipamentos e veículos da justiça federal.

A entrega oficial do carro ocorreu na segunda-feira (3). No dia 30 de abril o Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC) já havia recebido, em cerimônia na reitoria da UPE, uma ambulância Fiorino doada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pela montadora Fiat, dentro do projeto Craques da Saúde.

Superintendência do Complexo Hospitalar da UPE inaugura nova estrutura

A Superintendência do Complexo Hospitalar (SCH) da Universidade de Pernambuco (UPE) passa a funcionar a partir desta quarta-feira (5) em uma nova estrutura, projetada para integrar ainda mais as ações de assistência e ensino do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), do Pronto-Socorro Cardiológico de Pernambuco (Procape) e do Centro Universitário Integrado Amaury de Medeiros (Cisam).

A SCH/UPE está agora localizada no andar térreo do Pavilhão Ovidio Montenegro (POM) do Hospital Universitário Oswaldo Cruz. Antes, funcionava no terceiro andar da sede do HUOC. O novo espaço é maior para abrigar os técnicos e ainda possui salas para reuniões e para assessoria técnica. 

Em cerimônia de inauguração realizada de forma virtual, o superintendente da SCH/UPE, Gustavo Trindade, destacou que o objetivo é promover uma maior articulação para o melhor funcionamento dos três hospitais vinculados à UPE.

O evento contou com a participação do reitor Pedro Falcão, do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lucas Ramos, dos gestores executivos do HUOC (Izabel Avelar), do Procape (Ricardo de Carvalho Lima) e do Cisam (Olímpio Moraes), além de convidados como o ex-reitor Emanuel Dias.

O secretário de CT&I, Lucas Ramos, parabenizou a inauguração da nova estrutura da superintendência do complexo hospitalar, principalmente nestes tempos de epidemia de coronavírus. Ele ressaltou o papel da UPE como vencedora de um edital da Facepe com a proposta de criação de um consórcio de hospitais universitários do estado.

Com a nova estrutura, a SCH/UPE vai atuar no avanço da integração do HUOC, Procape e Cisam, que cresceram em assistência e ganharam mais expressão em Pernambuco no combate à Covid-19.

Segundo números de 2020, o complexo hospitalar da Universidade de Pernambuco oferece 799 leitos (HUOC - 439; Procape - 252 e Cisam - 108) e realizou no ano passado 195,3 mil consultas e procedimentos clínicos médicos. Ao todo, as três unidades reúnem 72% do número total de servidores da UPE.

A nova estrutura da SCH/UPE contempla mais duas homenagens. A Sala de Reuniões recebeu o nome do professor Gustavo Trindade Henriques e a Sala de Assessoria Técnica o nome da assessora Marise Cingolani.

Encerrando o evento, o reitor Pedro Falcão disse que era importante fazer mais uma entrega à comunidade acadêmica e à sociedade pernambucana na área de saúde. Ele elogiou a competência dos profissionais que integram o complexo hospitalar da universidade.

Segundo o reitor, nos seus últimos 18 meses de gestão a saúde continuará sendo prioridade. Como exemplo, citou a reestruturação da Faculdade de Odontologia de Pernambuco (FOP).

UPE aprova criação de curso de especialização em Engenharia Urbana que será oferecido pela Poli

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da Universidade de Pernambuco aprovou a criação do curso de especialização em Engenharia Urbana, que será oferecido pela Escola Politécnica de Pernambuco (Poli/UPE) no Campus Benfica.

O curso será uma especialização lato sensu, com duração de um ano (360 horas), coordenado pela Poli/UPE e realizado no modelo híbrido (aulas remotas e atividades presenciais nos polos regionais). O programa contemplará disciplinas tanto de áreas técnicas como de formas de gestão. 

A oferta deste curso pela Poli/UPE tem o apoio do governo do estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sdec). A Universidade de Pernambuco é vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

A ideia é qualificar engenheiros do setor público nos municípios pernambucanos, promovendo um movimento interno de resgate do protagonismo do setor na geração de riquezas, na criação de empregos formais e no desenvolvimento socioeconômico das cidades.

No dia 25 de fevereiro, o reitor da UPE, Pedro Falcão, e o diretor da Poli, José Roberto Cavalcanti, foram recebidos pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio, para tratar da formalização deste novo curso de especialização a ser ofertado para profissionais em todo o estado. 

O setor da construção civil é responsável por aproximadamente 10% do Produto Interno Bruto do Brasil e está presente em pelo menos 50% dos investimentos realizados em Pernambuco nos últimos 10 anos. 

A criação de uma especialização nesta área reforça o papel da UPE como agente transformador de realidades sociais e econômicas no estado.

UPE abre votação para escolha de logomarca comemorativa dos seus 30 anos de fundação

Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 964, de 12 de junho de 1991, a Universidade de Pernambuco (UPE) celebra seus 30 anos de fundação presente em todas as regiões do estado. Participe deste momento escolhendo a logomarca que será usada por todas as unidades que integram a instituição.

PARA VOTAR, ACESSE ESTE LINK E ESCOLHA UMA DAS QUATRO OPÇÕES: https://forms.gle/QwPWqeYsDK9Rm1yj9.

O complexo multicampi da UPE é formado por 15 unidades de ensino e três grandes hospitais, distribuídos no Recife e Região Metropolitana, em Nazaré da Mata, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Salgueiro, Petrolina, Serra Talhada e Palmares. Além das unidades de ensino e saúde, integram também o complexo universitário da UPE a Reitoria e quatro escolas de ensino fundamental e médio (Escola do Recife e Escolas de Aplicação).

HISTÓRIA - A Universidade de Pernambuco teve sua origem na Fundação de Ensino Superior da Pernambuco (FESP), mantenedora, desde 1965, de um grupo de unidades de ensino superior pré-existentes no estado. Em 1990, a FESP foi substituída, pela Lei Estadual nº 10.518, de 29 de novembro de 1990, pela Fundação Universidade de Pernambuco. Esta instituição de direito público tornou-se a UPE reconhecida pelo MEC em 1991.

Evento do campus Garanhuns da UPE debate o meio ambiente

O Laboratório de Estudos em Ação Clínica e Saúde (LACS) do campus Garanhuns da Universidade de Pernambuco (UPE) promove até quarta-feira (05/05) o evento "Jardins suspensos em rede". A abertura acontece nesta segunda-feira (03/05), a partir das 16h, com a palestra “Um pé de prosa”, ministrada pela professora e coordenadora do laboratório Suely Emilia.

O encontro tem o objetivo de criar espaços de reflexão e formação complementar para a comunidade acadêmica e a sociedade sobre o cuidado com o meio ambiente. “Pensamos em diversas rodas de prosa com temáticas que nos despertem para o cuidado que emerge da terra”, explica a coordenadora do LACS, Suely Emilia.

Leia mais...